Categoria Irlanda

CURIOSIDADES DA IRLANDA

Olá, pessoal tudo bem?

Quer saber de algumas curiosidades da Irlanda?

Como muitos sabem eu morei por quase 3 anos na Irlanda e por isso já vi e aprendi muitas coisas nesse país maravilhoso. Se tem uma coisa que aprendi é que existem muitas coisas diferentes do que estamos acostumados no Brasil, não digo melhores ou piores, apenas diferentes e que por viver lá temos que nos acostumar e aprender a conviver. Por exemplo, sabia que os motoristas raramente param fora da parada de ônibus? você pode está a um passo de lá, mas se não estiver no lugar certinho ele não para. Sabia que é proibido beber bebida alcoólica na rua, em parques e locais públicos? Pois é, apesar de ser um país muito conhecido por gostarem de “beber umaszinhas” não é permitido fazer isso fora de casa ou bares, restaurantes etc.

Bom no vídeo abaixo eu conto um pouco mais de curiosidades sobre a Irlanda, um país muito peculiar.

 

 

Confira mais vídeos no nosso no Canal do Youtube

Gostaria de acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail para turismologapelomundo@gmail.com

assessoria de viagem.png

Orçamento online

Conheça:

Acompanhe o blog no Youtube, Instagram, Facebook e Blog.

Leia também:

Inscreva-se para receber todas as novidades do blog e canal!

   

Sabia que quando você reserva em um desses sites pelo blog não existe custo algum a mais por isso e você ainda contribui com o crescimento do site com as pequenas comissões que ganhamos? Use esses links, ganhe alguns descontos e ajude o crescimento do projeto. Então, vamos reservar?, Obrigada! 😀

SUA AVENTURA COMEÇA AGORA!!!

HOSPEDAGEM –  aqui e aquii.
-TRANSPORTE – Aluguel de Carro 

Transfira dinheiro para o Exterior pelo TransferWise

-Envio de mala – Send my Bag

-Hotéis e Voos pela Submarino Viagens

-Reserve seu voo pela KLM
-Roteiro de Viagem é aqui.

INTERCÂMBIO NA IRLANDA: PREÇO, VISTO, TRABALHO, MORADIA E MAIS

Olá, pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje eu vou falar um pouco sobre alguns pontos importantes do Intercâmbio na Irlanda (principalmente em Dublin).

Eu morei nesse país lindo e aconchegante por quase 3 anos e posso garantir que se tivesse que fazer tudo de novo eu faria. Apesar dos perrengues é uma experiência única e maravilhosa. Mas vamos lá para o que interessa, vou contar um pouco da minha experiência e sobre valores, moradia, trabalho, visto.

 

Por que Irlanda?

Eu nunca tinha ouvida falar na Irlanda e confesso que até o dia em que entrei na agência de intercâmbio eu não conhecia nada desse país. O que me levou até lá foram quatro fatores principais para mim: 1. Era um país na Europa que falava inglês (que era meu objetivo, melhorar o inglês). 2. Tinha uma duração de visto longa, ou seja, podia ficar lá até um ano quando eu fui (hoje cada visto tem a duração de 8 meses)  3. Por ter a permissão de trabalhar e 4 . Por ser o mais barato. Então a localização, duração, possibilidade de trabalhar e o custo foram os fatores decisivos da minha escolha pela Irlanda.

Como funciona o visto?

Em 2014 quando eu fui para a Irlanda o visto tinha a duração de 1 ano (eram 6 meses de aulas e 2 meses de férias). Em 2016 as coisas mudaram e passou a ser 8 meses de visto (6 meses de aula e 2 de férias). Mas é possível renovar duas vezes, ou seja, tem como ficar no país como estudante de inglês por 2 anos. Tirar o visto na Irlanda é bem simples, ele é feito já no próprio país, ou seja, não precisa fazer pedido nenhum antes. É só levar os documentos necessários:

  • Passaporte válido;
  • Carta da escola ( curso full time de 25 semanas);
  • comprovante do seguro governamental;
  • Comprovante dos 3 mil euros;
  • 300 euros (pagos no local por meio de cartão de débito/crédito).

Se tudo tiver certinho já recebe o cartão no mesmo dia. A renovação é feita com a compra de novo curso e novo seguro governamental. A comprovação dos 3 mil euros não é necessária na renovação.

Sobre moradia

Quando eu cheguei em Dublin fiquei hospedada em uma acomodação estudantil. Antes de chegar na Irlanda eu preferi comprar 1 mês de acomodação, para ter tempo de buscar uma casa com calma. Eu recomendo a fechar pelo menos 2 semanas de acomodação antes de chegar no país. Os tipo de acomodações são: acomodação estudantil, hostel ou casa de família. Aí depende do que prefere.

Assim que chega no país é preciso tempo para tirar todos os documentos e se acostumar com a cidade e a localização de tudo, então o ideal para não cometer erros com sua acomodação definitiva é ter muita paciência e calma para buscar uma casa que seja perto de tudo que você precisa, porque gastar com transporte no início é uma furada para quem ainda não tem trabalho.

 

Trabalho, como arrumou?

Quando eu cheguei esperei 1 semana para acomodar as coisas e conhecer um pouquinho mais a cidade, dar entrada nos meus documentos e tudo mais. Após essa primeira semana resolvi fazer meu currículo em inglês, com as minhas experiências anteriores no Brasil e tentar a sorte enviando nos sites de emprego. Confesso que a princípio tentei só online, mas não demorou mais de um dia para me ligarem marcando uma entrevista. Mas recomendo fortemente a também entregarem em mãos, faz toda a diferença.

Fiz a entrevista para o Lar de idosos e não passei. Isso mesmo, não passei. Mas me perguntaram se eu tinha interesse em cobrir férias dos funcionários a partir do mês seguinte. Como não tinha nada em vista não ia perder essa oportunidade e aceitei. No meu segundo mês de intercâmbio comecei na empresa como housekeeping (um espécie de faxineira) cobrindo férias de vários funcionários. Até que pouco tempo depois abriu uma vaga e me tornei efetiva. Fiquei lá até meu último mês na Irlanda, quase 3 anos. Então não desista, por mais que digam não ou ofereçam algo temporário agarre com todas as suas forças e com certeza oportunidades aparecerão.

Quanto custou o seu intercâmbio?

Pode parecer conversa, mas o preço do intercâmbio varia muito por vários motivos: escola, acomodação, seguro, bilhete aéreo etc.

Eu considero a escola o fator principal no seu primeiro ano de intercâmbio, afinal o seu objetivo é de melhorar o inglês ou mesmo de aprende-lo. Então investir numa boa escola no seu primeiro ano é fator decisivo para o seu aprendizado no exterior. Eu preferi investir numa escola com ótimo custo benefício, ela não era a mais barata (budget) e nem a mais cara (premium), classificamos como smart. E eu amei a escola. Professores excelentes, não tinha taaantos brasileiros assim (um pouco é inevitável) e tinha uma boa estrutura. Pelo que me lembro paguei em torno de 8 mil reais.

Também fiz seguro viagem para o meu 1 ano de intercâmbio que me custou na época uns mil e quinhentos reais.

Escolhi minhas passagens pela KLM e paguei ida e volta quase 3 mil reais.

A acomodação eu escolhi a acomodação estudantil e paguei por 1 mês, fiquei com medo de não conseguir uma casa antes. Paguei quase mil reais.

O traslado também estava incluído, mas não lembro o preço, acredito que no máximo 100 euros.

Então, meu intercâmbio com todos os serviços incluídos em 2014 me custou cerca de 14 mil reiais (fora os 3 mil euros de comprovação).

Vale lembrar que os valores sofrem alterações combiais e os serviços passam por ajustes todos os anos. Caso tenha interesse em fazer um intercâmbio entre em contato comigo que eu te ajudo a realizar esse sonho. E-mail: turismologapelomundo@gmail.com.

beijooos

 

Sabia que quando você reserva em um desses sites elo blog não existe custo algum a mais por isso e você ainda contribui com o crescimento do site com as pequenas comissões que ganhamos? Use esses links, ganhe alguns descontos e ajude o crescimento do projeto. Então, vamos reservar? 😀

SUA AVENTURA COMEÇA AGORA!!!

-HOSPEDAGEM –  aqui e aquii.
-TRANSPORTE – Aluguel de Carro 

Transfira dinheiro para o Exterior pelo TransferWise

-Hotéis e Voos pela Submarino Viagens

-Reserve seu voo pela KLM
-Roteiro de Viagem é aqui.

Custo de vida na Irlanda

dinheiro_euros_notas_reutersQue tal saber o custo de vida na Irlanda?

Quando pensamos em nos mudar de país, seja para fazer um intercâmbio de tempo determinado ou mesmo para mudar de vida sem data de volta, uma coisa que levamos (ou devíamos levar) em consideração é o valor do salário do país. Afinal de contas se queremos mudar de vida que seja para melhor, né?! Para ter uma vida confortável e não passar necessidades.

Bom, não sei se você sabe, mas a Irlanda está no Top 5 dos países com o salário mais elevado da Europa. Segundo o Ekonomista a Irlanda é o 5º país com o maior salário mínimo na Europa, ficando atrás apenas de Luxemburgo, Bélgica, Reino Unido e Holanda.

Claro que só o salário não quer dizer muita coisa, deve-se avaliar também o custo de vida do país, porque não adianta ganhar muito e também gastar-se muito com as contas. Por isso eu resolvi trazer para vocês uma ideia de quanto mais ou menos se gasta com as contas básicas aqui em Dublin. Claro que isso varia muito da localidade que vai morar, do tipo de conta que você vai escolher e claro do tipo de vida que você leva. Esse exemplo é baseado na minha experiência e de amigos e no que ouço falar aí pela nossa pequena “gigante” Dublin.

As contas eu fiz baseado no salário mínimo que estava vigente até o ano de 2015 que era € 8,65 a hora. A partir desse ano o salário aumentou alguns centavos, passando para € 9,15 a hora. Nada mal, hein?!

Esse valores são simulações, pode ser que você consiga um trabalho ganhando mais que o salário mínimo, mas eu preferi fazer as contas pegando do básico para você ter ideia do “pior” cenário que encontraria.

Sendo assim, se você é um estudante intercambista você pode trabalhar 20 horas semanais, que multiplicando pelo mínimo que era € 8,65 e 4 semanas ao mês você ganharia ao final do mês € 692. ( 20 x 8,65= €173 x 4 = €692) (*)

Se você não é estudante e tem cidadania europeia pode trabalhar as 40 horas, então é só multiplicar o valor por 2 que dá € 1384. (*)

*Isso sem descontar taxas claro, não sou economista só quero ajudá-los a ter uma ideia do cenário geral.

Vou listar abaixo os gastos comuns que se tem vivendo aqui na Irlanda:

Aluguel: € 300 (supondo que compartilhe casa, valor aproximado)

Eletricidade/gás : €50

Água: €10

Internet + tel móvel + TV: € 50

Mercado (comida + higiene): € 150

Transporte : €80

Total: € 640

Sendo assim, um estudante que trabalha as 20 horas semanais e ganha o mínimo tendo mais ou menos esses gastos (que podem variar para mais ou para menos) ainda teria um extra mensal de € 60 para outras despesas.

Lembrando que aqui em Dublin existem muitas atrações turísticas gratuitas como museus e parques. Além do mais existem diversas cidadezinhas ao redor que você pode visitar usando o seu  cartão do Dublin Bus gratuitamente aos finais de semana (expliquei no vídeo abaixo). Então é apenas preparar um lanchinho, pôr na mochila e explorar Dublin sem gastar nada.

Se vocês quiserem mais detalhes do assunto eu fiz um vídeo bem explicadinho que vou disponibilizar aqui embaixo. Se tiverem alguma dúvida não deixem de me escrever.

Grande beijo,

Nathy

Confira mais vídeos no nosso no Canal do Youtube

Gostaria de acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail para turismologapelomundo@gmail.com

assessoria de viagem.png

Orçamento online

Conheça:

Acompanhe o blog no Youtube, Instagram, Facebook e Blog.

Leia também:

Inscreva-se para receber todas as novidades do blog e canal!

SEJA VIP, INSCREVA-SE

* indicates required



Sabia que quando você reserva em um desses sites pelo blog não existe custo algum a mais por isso e você ainda contribui com o crescimento do site com as pequenas comissões que ganhamos? Use esses links, ganhe alguns descontos e ajude o crescimento do projeto. Então, vamos reservar?, Obrigada! 😀

SUA AVENTURA COMEÇA AGORA!!!

HOSPEDAGEM –  aqui e aquii.
-TRANSPORTE – Aluguel de Carro 

Transfira dinheiro para o Exterior pelo TransferWise

-Envio de mala – Send my Bag

-Hotéis e Voos pela Submarino Viagens

-Reserve seu voo pela KLM
-Roteiro de Viagem é aqui.

Salário na Irlanda + áreas de trabalho

eurosSalário na Irlanda, quer saber mais?

A Irlanda tem um dos maiores salários da Europa segundo alguns sites. O Ekonomista diz que a Irlanda é o 5º país com o maior salário mínimo da Europa, perdendo apenas para Luxemburgo, Bélgica, Reino Unido e Holanda. Segundo o DPB a Irlanda é o segundo país com a melhor média salarial do mundo (levando em consideração fatores como como taxas de impostos, custo de vida e oferta e demanda de trabalho.)

Aqui na Irlanda se paga por hora (pelo menos a maioria dos trabalhos) e até o ano passado o valor mínimo da hora era € 8,65, mas esse ano teve um aumento de 50 centavos, passando a ser € 9,15 a hora.

 

Existem alguns trabalhos que não são legais aqui na Irlanda e por isso muita gente aproveita para pagar bem menos que o mínimo, que é o valor justo de se ganhar. Um desses trabalhos é o trabalho de au pair, que nada mais é que babá, cuidadora de crianças. Aqui essa profissão não é reconhecida, algumas famílias que querem estar dentro da lei registram seus trabalhadores como housekeeping (como faxineira) ou algo do tipo e assim pagam o mínimo e as taxas legais, mas a maioria não. Porém como muitos estudantes que vem para a Irlanda encontram dificuldades para encontrar trabalho, acabam por aceitar vagas completamente surreais, como trabalhar 5 ou 6 vezes na semana, por 8 horas ou mais ganhando € 100 euros na semana, ou seja, muitas vezes €2 euros ou menos por hora, o que está completamente errado e injusto.

Mas não estou aqui para julgar, eu sei que quem precisar pagar as contas as vezes precisa se submeter a certas coisas, mas eu também não quero incentivar a isso. Corra atrás, mande currículos por e-mail, entregue pessoalmente e não desista, essa é a chave do sucesso.

Você pode me perguntar, Nathália é possível conseguir uma vaga de emprego na minha área? Eu te digo, sim é possível, porque possível sempre é. Mas se você tem o visto de estudante e não tem a cidadania européia muita coisa complica para você (e para mim) e muitas portas podem se fechar. Porém existem casos de pessoas que conseguem sim, inclusive conseguem visto de trabalho que é uma ótima opção para quem se encontra nessa situação.

As áreas de trabalho mais demandadas aqui na Irlanda e por isso mais fáceis de se colocar no mercado de trabalho é na área de TI (tecnologia da informação), saúde (enfermagem e medicina) e finanças. Se você se encaixa em uma dessas áreas pode-se sentir um privilegiado, pois terá muito mais chances de entrar no mercado de trabalho aqui. Mas isso não quer dizer que você que é de qualquer outra área não conseguirá emprego, como eu disse, essas áreas que citei tem a demanda maior, mas é possível sim com muito esforço e procura você conseguir um trabalho na sua área.

Se você quiser maiores detalhes do assunto eu fiz um vídeo, então é só clicar aqui embaixo e assistir. Qualquer dúvida me deixe nos comentários que terei o prazer em te responder.

Grande beijo,

Nathy

Para reservar hotéis e acomodações ganhe desconto clicando nesses links e ainda ajude o blog Airbnb e Booking. Para alugar carro no destino escolhido vá na Rental Cars.

550 dias na Irlanda

howth irlanda.jpg

Oi meus amores, como vocês estão? Hoje é um dia especial, comemoro 1 ano e 6 meses, exatos 550 dias vivendo na Irlanda. Aí pensei: preciso escrever alguma coisa. Mas para dizer a verdade até agora não sei muito o que dizer haha. Pensei em começar dizendo como foi minha chegada aqui no dia 17 de Maio, mas aí pensei que poderia ser muito piegas. Pensei em contar sobre meus aprendizados e experiências até aqui, mas aí poderia parecer muito estereotipado, sei lá. Então resolvi falar de mim, do meu dia a dia, da minha vida aqui.

Bom, morar fora do país, ainda mais na Europa, pode parecer ter o seu glamour. Tem gente que quando ouve que alguém vai para a Europa já pensa que a pessoa é rica, que vai viver em uma mansão, viajar todo final de semana, tomar chocolate quente aos fins de tarde e amanhecer linda e refrescante para mais um dia de glamour. Beeeeeem, vamos parar por aí né hahahaha, bem que eu não me importaria se fosse assim, mas a realidade é diferente, não é pior nem melhor, só diferente.

espelhoPelo menos no meu caso foi assim: decidi vir para Dublin para fazer intercâmbio, estudar inglês, viajar um pouquinho e agregar em minha vida o máximo de coisas boas possíveis. Mas não foi fácil não, antes disso tive que trabalhar muito para juntar dinheiro, tive que abrir mão de um trabalho fixo na área que eu gostava, tive que me despedir de familiares e amigos que amo e teria que aprender a viver sem. Para ter algumas coisas as vezes temos que perder outras, mesmo que por tempo determinado.

Como devem imaginar a minha vida não é glamourosa, assim como da maioria dos intercâmbistas aí pelo mundo. Por mais que vivamos em Dublin, Londres, Sydney, Nova York  ou onde quer que seja somos pessoas normais que estão lutando e correndo atrás dos nossos sonhos.

Não, não penso que isso é tudo. Não, não me sinto melhor que ninguém. Não, não me sinto sortuda. Cada um escolhe o caminho que quer seguir. Cada um tem o direito de seguir pelo caminho que julga ser melhor para si. Cada um luta por aquilo que quer. Posso estar completamente errada, mas eu sinto que aqui ainda é onde devo estar. Sinto que ainda tenho um caminho por aqui. Se ele será curto ou longo eu já não sei, mas aquele que cuida de mim todos os dias sabe e eu confio Nele.

Morando aqui eu já tive oportunidade de conhecer mais de 15 países até agora, e isso me trouxe e tem me trazido ainda mais aprendizados sobre o ser humano, sobre as culturas, sobre lugares, sobre Deus. Vejo o cuidado de Deus a cada lugar que vou, apesar de serem diferentes, alguns completamente diferentes da minha realidade eu vejo que na verdade estamos todos buscando por alguma coisa. Seja por uma vida mais segura, por uma vida estável, por uma família estruturada ou o que for. Não julgo se isso é bom ou ruim, acho que se estamos aqui no mundo temos sim que buscar viver bem. Mas eu sei que isso não é eterno e que a verdadeira paz e segurança está em Deus.

Para finalizar só quero dizer que nesses 550 dias eu passei por diversos momentos, bons e ruins. Conheci muita gente legal, hoje tenho amigos em quase em todos os estados do Brasil e em muitos países do mundo, estou melhorando o inglês e espanhol, conhecendo muitos lugares e tendo uma rotina bem diferente da que costumava ter no Brasil. Agora levanto um pouco mais tarde porque não pego 3 horas de engarrafamento, tenho aula de inglês de manhã, trabalho a tarde, tenho tempo suficiente para fazer minhas coisas e me sinto mais segura ao caminhar pela rua ou entrar em um ônibus. Mas também já chorei de saudade, já me despedi de pessoas queridas um milhão de vezes, já me senti sozinha e já até cogitei em voltar (bem rapidinho e passou, mas cogitei), mas com isso aprendi que tudo tem seu tempo e ainda estou no caminho. Não sei se nos próximos 6 meses ou 1 ano ainda estarei em Dublin, mas enquanto eu puder eu lutarei pelo que me faz bem e feliz e no momento esse lugar é aqui.

Beijos meus amores

Curta a Fan Page: facebook/turismologapelomundo

Se inscreva no canal no Youtube: https://goo.gl/q2hAR0

Compras em DUBLIN – Penny`s

Se você, como eu, ama viajar gastando pouco, sem dúvida amará  essa loja. Ela está presente em várias partes da cidade, mas caaalma se você for fazer uma Eurotrip ou mesmo se não passar aqui pela Irlanda você poderá encontrá-la em outros paises tambem, apenas terá um nome diferente PRIMARK, mas é exatamente a mesma loja.

O bom dela é que você encontrá muita variedade do mundo feminino, masculino, infantil e até mesmo para casa como roupa de cama, toalhas de mesa e decoração. O diferencial da Pennys está no preço, os itens no geral tem um valor bem acessivel ao bolso de estudantes e pessoas que não querem gastar muito com roupas e acessório. Eu diria até para você tomar muito cuidado ao entrar lá, porque é praticamente impossivel entrar nessa loja e não sair com uma coisinha se quer, é viciante e louco de tão barato.

Vamos conhecer? Boa sorte! 😉

beijos

Nathy

Conhecendo Galway

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje eu resolvi falar de uma cidade muuuito lindinha que visitei em um sábado e eu super amei. Querem conhecer um pouquinho também?

Quem já viu o filme PS: Eu te amo sem dúvida já ouviu falar nessa cidade, muitas cenas não foram gravadas em Galway mas ela é o palco principal do filme.

P-S--I-Love-You-ps-i-love-you-540910_1280_1024

Galway fica a 210 km da Capital Dublin, cerca de 2:30 h de carro, mas também é possível chegar de trem e ônibus. Ela é a quarta maior cidade da Irlanda e fica a oeste do país. Ela é uma cidade considerada o coração cultural da Irlanda.

DCIM100GOPRO

As ruas são bem estreitinhas e é possível encontrar de tudo, restaurantes, pubs e  diversas lojas. É como se fosse uma Dublin, só que mais compacta. É possível ver artistas pelas ruas, muitas canções tradicionais e muitos jovens, já que é uma cidade universitária.

DCIM100GOPRO

Essa foto acima é um pub e em cima em dourado tem o símbolo “Claddagh”  que é muito famoso aqui na Irlanda, inclusive no tradicional anel irlandês. Ele é representado por duas mãos que seguram um coração coroado simbolizando o amor (coração), a amizade (as mãos) e a lealdade (a coroa). Esse anel é bem tradicional e muitos passam de mãe para filha, mas ele muda de significado dependendo do modo que se usa:

1- Quando usado no dedo anelar direito com a ponta do coração apontado para o dedo, a pessoa é livre e não tem ninguém em sua vida.

2- Quando usado no dedo anelar com a ponta virada para o coração, ele sugere que a pessoa está envolvido romanticamente com alguém, ou esperando uma pessoa muito especial.

3- Quando o anel está no dedo anelar esquerdo com a ponta do coração apontado para o coração, é porque ela é seriamente comprometida, seu coração já tem dono e o amor já está na sua vida. Diria que normalmente os casados usam dessa maneira.

claddagh-ring-lrg

Assim como Dublin, Galway também é cortado por um rio que se chama Corrib que vai do o Lough Corrib até o porto de Galway.

2015-04-04 12.52.47   

2015-04-04 14.31.21

No fim de semana em que estive na cidade estava ocorrendo um festival de comida e tinham barraquinhas com diversos quitutes DE-LI-CI-OSOS!

2015-04-04 12.53.57

2015-04-04 14.21.14

2015-04-04 14.21.24

Galway tem algumas regiões que ainda preservam o idioma Gaélico, como é o caso das Ilhas de Aran ou The Aran Islands. na verdade é um arquipélogo formado por três ilhas que estão na Baía de Galway e todas as ilhas juntas não chegam a 2 mil moradores. Eles preservam o idioma gaélico e é ótimo para quem quer conhecer de perto a tradicional cultura irlandesa. Para chegar até lá é preciso pegar um barco em Galway que custa de 10 a 20 euros, eu ainda não conheço, mas em breve irei.

2015-04-04 14.22.56

Galway é muito rica em artes e cultura, e além de festivais que ocorrem durante o ano, tem alguns pontos turísticos bem conhecidos como o da foto acima que é o Arco Espanhol (The Spanish Arch). Essa muralha fica ao lado do rio Corrib e  foi construído no período de 1584-1588 e servia para proteger o porto e os barcos atracados e ele tem esse nome porque era onde os espanhóis descarregavam suas mercadorias.

2015-04-04 14.24.01

Por dentro das muralhas se encontra o museu da cidade de Galway. O museu contém artefatos relacionados com a História de Galway, incluindo objetos do Mesolítico e Neolítico encontrados no Rio Corrib.

Bom pessoal, Galway é uma cidade que vale muito a pena conhecer e está apenas a 2 horinhas e meia de Dublin. Além de ter muita paisagem linda você estará em uma das cidades que mais preserva a cultura e a tradição irlandesa. E aí, está esperando o que para conhecê-la?

Segue um vídeo que mostra um pouco do meu dia em Galway. Confira!

https://www.youtube.com/watch?v=lPLDNCzMhgw

Beijos e até a próxima

Nathy

Diferenças entre Brasil x Irlanda

“Entre os homens há rios e oceanos,
Há montanhas e fronteiras e mais
De mil costumes sacros e mundanos
E ainda dizem que somos iguais.”

Francisco Libânio

Brasil-e-irlanda

Quando estamos em nosso país, muitas vezes, não percebemos as diferenças que temos com os outros  e  hoje vivendo na Irlanda eu percebo com muito mais propriedade as diferenças do Brasil com a  Irlanda e também com a Europa em geral, já que a cultura da América e da Europa é bem diferente em alguns pontos. O intercâmbio te abre a mente em muitas coisas e uma delas é a troca cultural e a convivência com essas diversidades, é uma forma de se tornar menos egoísta e entender que a diferença faz parte da vida e que não existe melhor ou pior, apenas o diferente. Resolvi fazer esse post para mostrar algumas diferença percebidas por mim em relação ao Brasil e Irlanda, mas não pense que é uma lista para dizer qual é melhor, a intenção é apenas mostrar que assim como as pessoas são diferentes as culturas também, cada um do seu jeito.

1- Na Irlanda se dirige pelo lado esquerdo da pista; no Brasil é no direito.

2- Na Irlanda o transporte público só é pago com moeda ou cartão do ônibus (Leap Card); no Brasil também se paga com nota.

3- Na Irlanda o prato principal é batata: batata frita, batata cozinha, purê de batata; no Brasil se come batata, mas não é um amor tão intenso como aqui haha.

4- Na Irlanda a refeição mais importante é o café da manhã e vou te dizer que ele é bem diferente do Brasil, o Irish breakfast é composto de linguiça, rashers (bacon), tomate, cogumelos, ovo, pudim preto e branco, feijão (diferente do brasileiro esse é doce e com molho de tomate) e  pão irlandês (soda bread). O Almoço normalmente é uma coisa mais leve, um lanche como um sanduíche por exemplo.

Full Irish Breakfast 1

5- Na Irlanda tudo é motivo de pedir desculpa, a pessoa te esbarrou é “sorry”, passou na tua frente na fila sem querer “sorry”, te atrapalhou “sorry”, você fez uma pergunta que ele(a) não soube responder é “sorry”, te deu uma resposta negativa “sorry” respirou do seu lado “sorry” haha; No Brasil, bem…vamos deixar para lá.

6- Na Irlanda (e Europa em geral) o serviço de saúde público não é tudo gratuito, na maioria das vezes se paga  a consulta que é no mínimo 50 euros; No Brasil com toda precariedade na saúde em alguns lugares ainda existe a possibilidade de atendimento e tratamento grátis para a população e em muitos lugares até melhor que os particulares.

7- Na Irlanda os policiais de rua não portam armas de fogo e por isso o índice de morte por esse meio é quase inexistente; No Brasil cerca de 70% das mortes são por arma de fogo.

8- Na Irlanda a segurança é tão boa que os caixas eletrônicos ficam no meio da rua, podendo sacar dinheiro em qualquer lugar e a qualquer hora. Claro que deve sempre ter cuidado e não vacilar, mas a segurança é incomparavelmente diferente a do Brasil.

dsc01956

9- Na Irlanda existem algumas “burocracias” bancárias meio exageradas e demoradas, por exemplo para fazer transferência bancária para outra conta é preciso preencher um papel e fazer na boca do caixa e para ter o extrato bancário detalhado você tem que pedir ao banco e eles te enviam por carta em até uma semana; No Brasil esse serviço é mais agilizado já que pode fazer no caixa eletrônico.

10- Na Irlanda parece que as mulheres mandam mais que os homens e é comum ver mulheres discutindo com seus homens e o “colocando no lugar” bem quietinho. No Brasil, bem… a lei Maria da Penha te diz alguma coisa?

11- Na Irlanda os pais tem uma participação muito positiva na vida dos filhos, é muito comum ver os pais levando e buscando os filhos na escola, levando para passear no parque, no shopping etc..e tudo sem a mãe; No Brasil essa responsabilidade na maioria das vezes fica só com a mãe, isso quando o pai assume a paternidade e tem a mínima participação.

Alyson Hannigan e sua família 'irlandesa' saem para o

12- Na Irlanda “Sol” parece a tradução perfeita de “Parque” em irish haha, pois quando é dia de sol aqui todo mundo sai de casa e vai sentar na grama dos parques para ler, conversar ou mesmo “pegar uma corzinha”; No Brasil sol é mais comum que moeda de 10 centavos hahaha

13- Na Irlanda a noite acaba cedo, normalmente os restaurantes ficam abertos até umas 23:00 e  pubs e night clubs não passam muito das 2:30/3:00, mas também começa cedo; No Brasil ,muitas vezes, as pessoas começam a sair de casa às 23:00/00:00 e vai até 5:00/6:00 da manhã normalmente.

14- Na Irlanda o jantar é normalmente servido às 18:00/18:30, é o horário tradicional de jantar dos Irlandeses; No Brasil muitas vezes nem começa a preparar nesse horário.

15- Na Irlanda as classes sociais não são muito fáceis de se identificar, o que é muito bom, aqui todos se vestem mais ou menos do mesmo estilo, andam de ônibus a mãe, a empregada, a executiva e todos eles podem frequentar o mesmo restaurante, pub ou loja. Aqui o ser humano é mais respeitado pelo que é, não pelo dinheiro que tem; No Brasil a questão do status e do ter ainda é muito forte e as classes sociais são bem divididas pelo vestir, pelos lugares que frequentam etc.

16- A Irlanda tem um dos maiores salários mínimos da Europa, € 8,65 por hora, isso para qualquer emprego, principalmente os subempregos, mas se fizer as contas vai dar conta que trabalhando poucas horas por dia já dá um bom dinheiro no final do mês, que podem ser utilizados para além das despesas como aluguel, contas e comida também podem ser gastos em outras coisas como viagens pela Europa. Aqui na Irlanda é possível viver bem e com pouco e ter uma boa qualidade de vida. Também é bem comum ver pessoas que trabalham em “subempregos” comprando roupas de marca que são caríssimas no Brasil, tendo carros caros e viajando o mundo.

17- Na Irlanda é praticamente impossível fazer a compra do mês, pois aqui é proibido ter conservantes nos alimentos  e a validade é bem curtinha, por isso se vai ao mercado muuuitas vezes por mês; No Brasil é muito comum fazer uma compra grande para o mês e só ir repondo algumas coisas.

18- Na Irlanda no verão escurece às 22:30, já no inverno às 16:00/16:30.

Essas são algumas diferenças que eu percebi, e vocês o que mais de diferente perceberam entre os dois países?

Beijos

Nathy

Vale a pena conhecer: Castelo de Trim

Como nem só de chuva vive a Irlanda, temos uma lista gigantesca de castelos para conhecer e hoje eu vou postar sobre um que eu simplesmente amei  e que já foi até cenário de filme, o Trim Castle.

DSCN4640

O castelo de Trim fica localizado numa cidade de mesmo nome no condado de Meath, ao norte de Dublin.

DSCN4558

Ele é um castelo normando e fica as margem sul do rio Boyne, foi construído por Hugh de Lacy no século 11. Mesmo estando em ruínas ele é um dos maiores castelos medievais de toda a Europa. O local do castelo foi escolhido porque está em terreno elevado, com vista privilegiada sobre o rio. A área era um importante sítio eclesiástica e real medieval, e embora o local esteja cerca de 25 quilômetros do Mar da Irlanda, foi acessível em tempos medievais de barco pelo rio Boyne.

DSCN4850

O castelo foi usado como um centro de administração Norman para o senhorio de Meath , uma das novas áreas administrativas da Irlanda criado pelo Rei Henrique II da Inglaterra. Nos séculos 16 e 17 ele começou a  perder importância e a não ser mais  um local militar potencialmente importante,assim, o castelo foi autorizado a se deteriorar. Ele entrou em declínio no século 16, mas foi refortificado durante as guerras de Cromwell na década de 1640.

DSCN4655

O castelo passou por 3 fases, mas a primeira versão dele foi feita de madeira. Essa parte da foto a cima é apenas o que sobrou da parte central do castelo, ele era bem maior.Em 1993 Lord Dunsany vendeu o terreno e os edifícios para o Estado, mantendo apenas direitos de acesso único ao rio e de pesca nos arredores.

DSCN4989

O castelo foi reaberto ao público em 2000 e pode-se visitar o interior e os arredores dele, dependendo do tipo de ingresso que comprar. Para visitar apenas a parte externa é cobrada uma pequena taxa de  3 euros para adultos e 1 euro para estudantes e para visitar tanto o interior como o exterior é cobrado a taxa de 4 euros para adultos e 2 para estudantes. A visita dentro do castelo é guiada e dura em torno de 45 minutos.

DSCN4826

Um fato curioso é que o castelo foi cenário do filme Coração Valente do Mel Gibson.

DSCN4625

O castelo fica a 1 hora de Dublin e pode-se chegar por ônibus que se pega na rodoviária, o valor da passagem fica em torno de 14 euros ida e volta.

DSCN4944

Vale a pena conhecer, eu recomendo.

beijos

Nathy

10 curiosidades sobre a Irlanda

Quando saímos da nossa zona de conforto, da nossa cultura e do convívio com nossa maneira de ser e viver nos  deparamos com algumas coisas incomuns para nós, mas que na verdade não são melhores ou piores, mas sim outra cultura, outra maneira de agir, de se portar e de encarar a vida.

2014-07-05 14.32.02

Por isso resolvi separar hoje 10 curiosidades sobre a Irlanda que se difere da nossa cultura aí do Brasil. Isso é apenas para mostrar as diferenças culturais e jamais julgar qual é melhor ou pior, pois são apenas diferentes.

1. O ônibus na irlanda não tem cobrador, só se paga com moedas e deve-se dizer o destino ao motorista para ser calculado o valor de acordo com a distância percorrida.

2. A mão do carro/trânsito é inglesa, ou seja, dirige-se do outro lado do carro e da pista, então é muito comum olharmos e vermos cachorros e crianças dirigindo e até o carro andando sozinho.

3. Se come do outro lado do garfo, ou seja, não se arrruma a comida do lado côncavo como nós e sim na parte convexa.

4. Os feriados que caem durante a semana são todos automaticamente transferidos para a segunda feira, para já emendar com o final de semana.

5. Restaurantes e pubs tem horário para fechar e a maioria ficam abertos no máximo até às 2 da manhã. Se você ainda estiver nele nesse horário será educadamente convidado a se retirar.

6. A polícia daqui, chamada garda, não usa arma de fogo, então toda abordagem aqui é feita seguramente e sem violência.

7. Se você comprar qualquer coisa com centavos quebrados como 0,98; 1,99; 2, 56 etc. pode ter certeza que receberá cada centavo de troco seja ele 1, 2, 3 ou 4 cents, e isso vale também para você que deve pagar cada centavo.

8. A maioria das casas não tem a cozinha separada da sala, é um cômodo só sem divisória e a máquina de lavar normalmente também fica nesse cômodo, já que não é comum na Irlanda ter uma área de lavar roupa.

9. A tomada do banheiro fica do lado de fora do cômodo, então antes de entrar deve-se certificar se a luz foi acessa. Os banheiros não tem janela então por isso as tomadas ficam do lado de fora para evitar danos pela umidade.

10. ENTRADA significa entrada e SAÍDA significa saída dos lugares. Então não adianta tentar inverter essa ordem que não será permitido, siga as placas e seja feliz.

Espero que tenham curtido essas curiosidades, deixem um comentário do que acharam mais diferente.

Beijos

Nathy

Saiba como Morar no Exterior recebendo um e-book grátis e mais dicas e informações!Acesse Aqui
+