fbpx

Como morar em Portugal | 5 Passos para Morar em Portugal

Como morar em Portugal | 5 Passos para Morar em Portugal

Morar em Portugal, é isso o que realmente quer? O final de ano chegando e a hora das novas resoluções de ano novo também já batem a porta. Comprar um carro novo? dar entrada numa casa? casar? mudar de emprego? O que você realmente quer para a sua vida? Muitas pessoas querem sim uma ou mais dessas coisas que citei, mas outras querem simplesmente mudar de vida e ter mais qualidade, segurança, igualdade e como podem fazer isso? Sobreturo mudando de lugar e por que não MORAR EM PORTUGAL?

Portugal tem sido o alvo de muitos brasileiros nos últimos anos, e agora com a abertura das fronteiras e pelas facilidades que o SEF tem deixado, ainda mais. Mas como morar em Portugal? O que é preciso fazer? Nesse post vou te dizer os 5 passos que você precisa para Morar em Portugal.

 

1- Planejamento emocional

Acredito que a preparação emocional é uma das mais importantes nesse projeto de morar em Portugal. Porque se você não está emocionalmente forte e preparado, qualquer coisa pode te levar ao chão.  Mudar de país é dar uma volta de 360º, então ter um equilíbrio emocional e saber lidar com isso é o ponto incial para o sucesso fora. Depois que você descobrir o que você quer fazer no exterior e pesquisar bastante sobre o destino vcê deverá tomar uma decisão, e decisões sempre envolvem nossas emoções, mas é preciso além das emoções colocar muita razão, pois afinal, é uma decisão séria e importante que pode ter muitas consequências.

  • Como devo me preparar?

Quando agimos sem pensar no que pode nos afetar emocionalmente, as consequências podem ser complicadas. Então o primeiro passo é se preparar para esta mudança e evitar as surpresas desagradáveis. Quando nos preparamos emocionalmente, o que acontece é que nos fortalecemos,  acreditamos mais em nós mesmos e
passamos a nos preocupar com todas as outras questões que envolvem ¨morar no exterior¨.

Deixamos claro aqui: ESTAR MELHOR PREPARADO EMOCIONALMENTE não significa NÃO ficar triste, NÃO ter saudade, NÃO ter medo, sabemos que esses sentimentos fazem parte da vida humana. São vários os sentimentos que envolvem na preparação: Medo do desconhecido, saudade antecipada das pessoas que amamos, falta de coragem, deixar nossa zona de conforto correr riscos, imergir em uma nova cultura diferente da sua, recomeçar, falta de dinheiro e muita mais coisas. Tudo isso normal, mas é preciso dar importância para esses sentimentos e trabalha-los. Dar importância para as emoções é um passo sério.

 

  • Leve a sério!

Pare e analise como está se sentindo ao longo desse processo, é normal sentir-se muito entusiasmado e ansioso mas preste atenção se esse sentir está muito além da ansiedade motivadora, se está te deixando angustiado, inseguro etc. Se a resposta for sim procure externar esse turbilhão de coisas que se acumula, fale com os familiares, amigos, procure experiencias de outras pessoas que moram em portugal pela internet e blogs, fique atualizado ao saber que isso ocorre com todos em  diferentes proporções e demandas, e claro se ainda assim a agustia esta incontrolável procure auxilio profissional de um Psicólogo/Psicoterapeuta para falar de suas angustias e trilhar o melhor caminho juntos.

 

2 – Planejamento financeiro

  • Como me preprar?

Para começar uma vida no exterior, nesse caso em Portugal, é sempre recomendável ter uma poupança que cubra pelo menos os seis primeiros meses das despesas fixas. Faça as contas de tudo o que vai gastar em moradia, alimentação, transporte, educação. Se puder, mantenha uma fonte de renda no Brasil, uma casa alugada por exemplo, melhor. Além de termos que provar que temos uma renda para nos sustentar, ninguém sabe como será o início dessa nova fase.

O primeiro mês, pelo menos, trazem muitos gastos: caução, primeiras compras que são sempre mais caras, porque se compra coisas do zero e ainda não conhecemos bem os mercados e produtos. Além do mais não se sabe quanto tempo vai levar para os documentos ficarem prontos para começar a trabalhar e nem quando o emprego vai chegar. Sendo assim, ter uma poupança mais gordinha vai te deixar mais calmo para fazer tudo que tem que fazer e procurar emprego sem aquela pressa do “dinheiro está para acabar”.
Você precisa fazer uma conta básica do custo de vida no país. As coisas para se levar em consideração são: o custo de vida do país, valor de moradia, alimentação, saúde, transporte público e lazer. É preciso verificar se o seu dinheiro será suficiente para se sustentar nesse período.

 

3- Decidir qual visto aplicará

  • Qual visto?

O visto que irá aplicar também é importante nessa fase, afinal, todo seu planejamento deve estar em torno disso. Vai estudar? então antes precisar pesquisar sobre a universidade, ver a época de incrição, se inscrever, esperar os resultados. Tudo isso leva tempo e deve ser pensado pelo menos com 1 ano de antecedência. Após aceito na universidade é a hora de arrumar os documentos e levar para o consulado para tirar o visto de estudo. Isso funciona igual para todos os outros vistos, é necessário buscar informações do que é preciso ter e fazer para aplicar para o visto para fazê-lo com alguma antecedência antes de de fato ir para Portugal.

 

4- Preparar documentos

Todos sabemos que ao viajar precisamos de uma pilha de documentos, agora imagina morar fora? É importante ter muita atenção nesse ponto para não faltar
nada e não ter problemas ao chegar no país. Primeiro de tudo, se ainda não tem passaporte faça-o! Após isso é necessário providenciar alguns documentos importantes para a sua mudança.

 

  • DOCUMENTOS “NÃO” OBRIGATÓRIOS

  • Providencie  o apostilamento de haya para diplomas e histórico escolares.
  •  Carteira de motorista renovada (original)
  •  RG
  • CPF,
  • Título de Eleitor
  • Certidão de Nascimento
  • Carteirinha de Vacinação original junto com o Certificado Internacional de Vacinação
  • E outros documentos que é sempre bom ter com você para alguma situação que possa surgir.

Esses são documentos pessoas que podem ser necessários na sua estada fora do país. Os próximos que vou falar são obrigatórios para a entrada na maioria dos países e você deve leva-los numa pastinha nasua bagagem de mão ao embarcar.

 

  • DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS

  • Passaporte (atenção, tem que ter validade mínima de 6 meses);
  • Bilhete aéreo (ida e volta, se for o caso);
  • Declaração de suporte financeiro e que comprove meios de subsistência;
  •  Comprovante de aceitação na Universidade (se dor o caso);
  •  Contrato de trabalho no país (se for o caso);
  •  Endereço de onde vai ficar, e no caso de ficar na casa de alguém a carta convite;
  •  Cópia da Certidão de Casamento – original e transcrição (caso vá fazer o reagrupamento familiar);

 

  • BACKUP

Eu acho importante ter um backup e ter todos os documentos digitalizados e impressos numa segunda pasta. Além de ser uma garantia caso perca, também vai facilitar muita a sua vida para cadastros online ou novas impressões.

  • PROCURAÇÃO

Recomendo também fazer uma procuração de plenos poderes reconhecida em cartório para deixar com alguém de sua extrema confiança. Deste modo, esta pessoa poderá resolver quaisquer problemas na sua ausência. No caso da procuração para movimentação de contas bancárias é necessário que ela seja específica para o seu banco. Deve-se descrever tudo que a pessoa vai poder fazer na sua ausência.

É também importante avisá-lo para que sua movimentação em outro país não seja uma surpresa e, eventualmente, seu cartão seja bloqueado quando você mais precisar. Além disso, é importante ter um número de telefone para o qual possa ligar caso tenha alguma problema. Saber acessar à sua conta do Brasil pela internet para acompanhar as movimentações também é essencial.

Pronto! Tendo tudo isso preparado faclita muito a sua vida na hora de tirar documentos e viajar com mais tranquilidade.

 

5- Preparar Viagem

 

  • PARTIU PORTUGAL!!

Depois de tudo isso visto chegou a hora de preparar a sua viagem para de fato morar em Portugal. Comprar a passagem aérea deve ser uma das primeiras coisas, eu recomendo fazer com pelo menos 3 meses de antecedência para ter a chance de conseguir preços mais em conta.

Após comprar a passagem aérea reservar o meio de hospedagem ou pedir uma carta convite para algum amigo ou familiar que já esteja morando lá. Se não tiver ninguém eu recomendo pegar pelo menos um mês de acomodação, seja num hostel, pousada ou uma casa no Airbnb que te dará tempo suficiente para conhecer a região e visitar as casas antes de fechar uma de fato.

Seguro viagem também é algo importante. Para entrar na área shenguen é obrigtório que a pessoa possua um seguro que cubra no mínimo 30 mil euros. Mas você pode me perguntar, e o PB-4? fiz um post exatamente sobre isso que pode tirar todas as suas dúvidas. Resumindo, ter o Pb-4 não te isenta de ter um seguro viagem.

Após é necessário saber como levará o dinheiro para o exterior. Recomendo levar uma parte em VTM (Visa Travel Money) e outra parte em cash. Mas após abrir conta no banco português eu recomendo veemente que faça transferências via transferwise, porque além de ser rápido, fácil e seguro tem a menor taxa do mercado para transferência. Eu sempre uso e recomendo porque realmente é muito bom.

Depois de ter todos os documentos na mão e muita força de vontade é hora de pegar o voo e partir para Portugal. Bem, ainda tem a temida imigração, mas com tudo certinho e  todos os documentos em mão não há o que temer e é só partir para o primeiro dia das suas novas vidas!!

 

  • SAIBA O PASSO A PASSO COMPLETO PARA MORAR EM PORTUGAL

No curso Morar Pelo Mundo – Portugal eu ajudo com muitos mais detalhes sobre essa nova etapa da sua vida, toda a preparação pré-viagem e pós viagem. Se quiser ter uma mudança de sucesso e começar a sua preparação aproveite a promoção da Black november por apenas R$147 em 12x. É a última oportunidade do ano, no próximo ano o curso já passa para o seu valor original de R$247,00. É só clicar na imagem e adquirir seu curso. Mudar de vida é um investimento, e para o que o curso oferece, te garanto que esse investimento não é nada. E você me agradecerá depois.

 

Sobre o Autor

Nathy administrator

Turismóloga. Mestranda em Turismo pela Universidade de Évora, Portugal. Mora fora do Brasil há mais de 4 anos, já tendo morado na Irlanda e atualmente em Portugal. Ama viajar e trocar experiências de viagem. Conhecer o mundo e novas culturas é o que a motiva. Descobriu que melhor do que isso tudo é compartilhar essas aventuras pelo Mundo com amigos queridos.

Deixe uma resposta

Saiba como Morar no Exterior recebendo um e-book grátis e mais dicas e informações!Acesse Aqui
+